6 Dicas para proteger seu gato neste inverno

Por Fernanda Francoh (Cat Care)

Estamos em plena véspera do dia mais curto do ano: o solstício de inverno, que acontecerá no próximo dia 21 de junho. Durante este período é importante adotarmos alguns cuidados especiais para que nossos amigos fiquem aquecidos, saudáveis e felizes.

Confira a seguir algumas dicas que você pode incorporar facilmente para tornar o dia a dia do seu animal mais acolhedor.

1 – Caixas de papelão

Foto: Reprodução/Internet

Gatos se sentem acolhidos, protegidos e seguros em caixas de papelão. Por manterem uma temperatura acolhedora, as caixas de papelão funcionam como verdadeiros abrigos para nossos amigos, proporcionando uma intensa sensação de segurança e proteção.

Além disso, podem servir de arranhadores onde eles também podem facilmente marcar o seu território. Segundo estudos realizados em uma universidade na Holanda, a caixa de papelão também ajuda a controlar o estresse e facilita situações de adaptação.

2 – Banhos de sol

Foto: Keagiles/Wikipédia

Banhos de sol são importantes por várias razões. Muitos gatos gostam de cochilar tomando sol e isto não é à toa: enquanto estão dormindo, a temperatura corporal deles diminui por estarem relaxados e imóveis, por isso preferem dormir em locais quentes, de forma a manter a temperatura corporal equilibrada.

O sol também melhora o humor, pois estimula a produção de serotonina (neurotransmissor ligado ao bem-estar e à alegria de viver) e a qualidade de sono, pois a luz solar durante o dia aumenta de forma natural a produção de melatonina durante a noite.

3 – Coloque arranhadores e caminhas próximos a janelas

Foto: Divulgação/Gatton

Uma das formas de estimular os animais ao banho de sol é instalar prateleiras, arranhadores ou caminhas próximos às janelas. Além de servir como estímulo para seu gato observar a movimentação lá fora, ele ainda poderá curtir um bom tempo tomando sol com conforto e segurança.

4 – Espalhe mantas e cobertores

Foto: Reprodução/Internet

Espalhe mantinhas e cobertores pela casa — em cantinhos estratégicos como sofás, cadeiras, cama, prateleiras, em cima da geladeira e locais onde seu amigo gosta de apreciar um relax —, pois eles ajudam a proporcionar conforto e mantêm os animais aquecidos.

5 – Cuidado com correntes de ar

Os locais onde os animais descansam devem ser protegidos e aconchegantes. Assim, fique atento (a) a portas e janelas que possam estar abertas desnecessariamente, causando correntes de ar e reduzindo a temperatura do ambiente.

6 – Dormir mais é normal

Foto: Thinkstock 

Nosso relógio biológico interno que controla o sono funciona à base da quantidade de luz no ambiente: quanto mais escuro e calmo um ambiente, maiores serão os níveis de melatonina – hormônio fabricado pela glândula pineal responsável por regular o sono em nosso organismo.

Assim, durante o inverno, com o metabolismo menos acelerado e a diminuição do período de sol, nosso organismo acaba ficando satisfeito quando dormimos mais.

Analogamente, cães e gatos também possuem uma necessidade maior de sono durante o inverno.

 

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: