8 cuidados para deixar seu gato idoso mais feliz

Por Katie Finlay, do portal iHeartCats
Tradução e adaptação por Fernanda Franco (Cat Care)

Com o passar dos anos, os gatos enfrentam mudanças físicas e começam a surgir algumas necessidades especiais. Eles se tornam mais sensíveis física e mentalmente, e precisarão de um suporte extra para viverem uma vida saudável e feliz. Se você está se perguntando como promover uma vida com maior qualidade para seu gatinho idoso, leia as dicas a seguir.

#1 – Mais camas

Foto: Reprodução/Portal I Heart Cats
Foto: Reprodução/Portal I Heart Cats

Gatos idosos geralmente passam mais tempo dormindo, então espalhar camas e mantinhas extras pela casa para que eles possam deitar confortavelmente será muito importante. Quanto mais macias forem as camas, melhor, pois com o tempo o gatos podem desenvolver artrite e a permanência em superfícies duras pode ser bastante desconfortável e até dolorida pra eles.

#2 – Escadas e rampas

Quase sempre, o envelhecimento vem acompanhado do aumento da rigidez corporal e do comprometimento da mobilidade. Nossos gatos sempre vão querer estar pertinho de nós, então fará toda diferença criar estruturas – como escadas ou rampas – que facilitem o acesso aos locais da casa, bem como a subida e descida dos móveis. Isso os protegerá e fará com que estar perto de nós se torne uma tarefa fácil.

#3 – Mudanças na alimentação

As necessidades nutricionais dos gatos mudam com o tempo. Gatos mais velhos precisam de diferentes quantidades de nutrientes em relação aos gatos mais jovens, e geralmente precisam de menos do que os outros. Converse com seu veterinário para saber qual é a dieta mais apropriada para o seu gato. Você talvez não precise mudar o tipo de comida do seu gato, mas a quantidade e os suplementos servidos, sim.

#4 – Atividade física

Foto: Reprodução/Portal I Heart Cats
Foto: Reprodução/Portal I Heart Cats

Mesmo depois de uma certa idade, os gatos continuam gostando de brincar. Você pode manter as brincadeiras que eles sempre gostaram e até mesmo experimentar novas artes. Mas é muito importante manter seu gato mental e fisicamente estimulado para mantê-lo feliz e saudável por muitos anos.

#5 – Mais conforto

Foto: Reprodução/Portal I Heart Cats
Foto: Reprodução/Portal I Heart Cats

À medida em que nossos gatos envelhecem e seus corpos mudam, eles vão se tornando mais sensíveis. Seu gato ficará, por exemplo, mais sensível ao calor e ao frio, então garanta que ele esteja bem aquecido e protegido do frio no inverno, e em ambiente bem arejado e fresco no verão. Ventiladores ajudarão com o calor e cobertores ajudarão nas épocas mais frias.

#6 – Mobilidade

Como mencionado anteriormente, o evelhecimento muitas vezes vem acompanhado de artrite e outros incômodos físicos. Manter o seu gato sempre ativo irá ajudar a prevenir futuros problemas de mobilidade: ao manter os músculos e articulações em movimento, você ajuda a prevenir a atrofia e fadiga muscular. Suplementos também podem ser recomendados por seu veterinário para ajudar em casos de dores ou com algum desconforto que seu gato esteja sentindo.

#7 – Aumentar os cuidados veterinários

Foto: Reprodução/Portal I Heart Cats
Foto: Reprodução/Portal I Heart Cats

Com o tempo, é provável que você precise visitar o veterinário com mais frequência. Isso porque muitos desequilíbrios podem aparecer com o envelhecimento, tais como: dores nas articulações e problemas com mobilidade, deficiências no sistema imunológico, entre outros problemas relacionados ao envelhecimento. Em alguns casos também pode ser recomendado pelo veterinário realizar check-ups com mais frequência, inclusive para poder detectar doenças como câncer e outros desequilíbrios graves em tempo de serem tratados.

#8 – Controle de peso

Depois de uma certa idade, o seu gato precisará de outros nutrientes, assim como uma quantidade diferente de calorias. A mudança de peso é muito comum em gatos idosos. Ao ingerir muitos nutrientes e calorias, podem se tornar obesos; ou há muito esforço para manterem um peso saudável, pois seus músculos estão enfraquecendo e eles estão se tornando mais magros e frágeis fisicamente. Mantenha-se informado com o seu veterinário para garantir que o seu gato esteja com um peso apropriado para o seu bem-estar.

(Leia o artigo original em inglês clicando aqui)

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: