Arquivo da tag: abrigo

Vira-Lata Vira-Vida

A ONG Vira-Lata Vira-Vida, de Piracicaba (SP), é autora campanha “Cães especiais – Pessoas legais”, dedicada à adoção de cães portadores de algum tipo de deficiência, como a cegueira, surdez, cicatrizes, sequelas de atropelamento, amputações e até mesmo a velhice. A entidade abriga animais vítimas do abandono e dos maus-tratos, encaminhando esses animais para adotantes responsáveis.

Anúncios

Instituto Vida Digna

É preciso sensibilizar toda a sociedade para que se preocupe com o destino de cada animal que existe nos centros urbanos, eles não podem agir por si próprios.

O Instituto Vida Digna luta incansavelmente e busca ajudar um número cada vez maior de necessitados, mas ainda é muito pouco. Enquanto a população “produzir” o abandono algumas poucas pessoas jamais conseguirão resolver esta situação que só aumenta a cada dia.

Uma única cadela e seus descendentes em seis anos podem gerar até 73.000 filhotes, e não haverá lares responsáveis para todos eles. Uma gatinha em todo seu período fértil pode gerar até dois mil filhotes, não haverá lares responsáveis para todos eles.

É extremamente importante e necessário que seja feita a castração desses animais, principalmente dos animais carentes e os de rua. Todos podem e devem ajudar.

Pessoas que gostam de animais, quando os vêem na rua se preocupam primeiramente em alimentá-los. Isso é necessário mas só aumenta o problema se outras providências não forem tomadas juntamente com a alimentação, sendo imprescindível que estas pessoas domestiquem ou façam uma relação amigável com esses animais para que seja possível a sua captura. No caso dos gatos, é extremamente difícil que se deixem aproximar.

Lembre-se, somente alimentar animais de rua apenas aumenta o problema.

Em virtude deste tipo de atividade, sempre ficam em nossas mãos animais que não têm onde morar, aos quais abrigamos, tratamos e encaminhamos para adoção de qualidade.
Infelizmente o número de adoções está muito abaixo da necessidade, aumentando assim as nossas despesas para seu sustento.

Precisamos da sua ajuda para que não lhes falte o essencial. Você pode doar rações de boa qualidade para cães e gatos, medicamentos como vermífugos e vacinas, ou mesmo custear cirurgias de castrações

Não temos um abrigo oficial e muitos animais que estão sob nossos cuidados estão com pessoas que precisam da nossa ajuda para suprir todas as suas necessidades.

Todos os animais que nos chegam passam por uma triagem veterinária, são vermifugados e castrados, e os cães com mais de seis meses precisam fazer exame de leishmaniose.

Auaufanato

O Auaufanato está estruturado num terreno em um bairro de Vila Velha (ES). O canil é separado em várias baias – com área coberta e área para sol – isolamento (para cães em observação), sala de medicamentos e armazenagem de rações, gatil, banheiro social e uma grande área livre, para os animais se exercitarem.

As baias são construídas em alvenaria e cimentadas, separadas umas das outras por muros e trancadas com portões de ferro, o que garante a segurança dos próprios animais; na parte coberta de cada uma ficam os vasilhames com água e ração e ainda a “cama” dos cães.

A grande área livre é de chão de terra com árvores e plantas, o que garante o contato dos cães com a natureza. Quando soltos, em escala de revezamento, correm, brincam, “fuçam” a terra, cavam, deitam e se rolam!

O gatil é uma ampla sala com piso lavável, onde ficam as caixinhas de higiene (banheirinhos), os vasilhames de água e ração, as “caminhas” e caixinhas, cadeiras e mesa para que possam subir e descer à vontade, exercitando-se enquanto brincam. Há uma janela protegida com tela aramada para que os 14 gatinhos abrigados (adultos e filhotes; fêmeas e machos) observem os cães, sem qualquer perigo.

Todos os dias uma equipe vai fazer a higiene do local e dos animais, lavando e desinfetando a parte física, reabastecendo água e ração, dando os medicamentos quando necessário, além de carinho e atenção aos abrigados.

Chácara da Gata Preta

A Chácara da Gata Preta é um abrigo de animais localizado em Jandira (SP) e representa a base do trabalho da protetora Ângela que cuida sozinha de aproximadamente 130 gatos e 50 cães.

A maioria deles está castrado, e os que se encontram em boas condições de saúde são encaminhados para doação. Infelizmente o número de abandonos é bem maior que o de adoções.

O consumo diário de ração fica em torno de 20Kg para os gatos e 20Kg para os cães. Além desse gasto ela necessita também de materiais de limpeza, jornais, cuidados veterinários e medicamentos.

A Ângela faz o máximo que pode para dar uma vida digna a esses animais, assumindo uma responsabilidade que deveria ser de todos. Mesmo passando por muitas dificuldades e problemas de saúde ela está sempre pronta a ajudar animais e outras protetoras. Sua disposição é incansável, mas no momento a Chácara está superlotada e os abandonos não páram. Ou os animais são deixados quando ninguém está olhando ou são entregues com a clássica frase “Se a senhora não ficar vou jogar no rio, abandonar na estrada, sacrificar, etc.” Para que os que já estão lá abrigados possam ser cuidados de modo adequado a Chácara está em fase de mudança para um local mais reservado.

Pedimos sua colaboração para cuidar desses bichinhos que sofrem com o abandono e maus-tratos. Adote um amigo!

Clube dos Vira-Latas – Grupo de Proteção aos Animais de Ribeirão Pires

O Clube dos Vira-Latas – Grupo de Proteção aos Animais de Ribeirão Pires é uma organização sem fins lucrativos que nasceu quando vários protetores que sempre trabalharam individualmente resolveram se unir para fortalecer seu trabalho junto à CAUSA ANIMAL e tem como presidente a Sra. Cida Lellis, que recebe o apoio de um  grupo de gestoras, que vieram para ajudar e melhorar a entidade, sendo elas as Sras. Sandra Pires, Marina Antzuk, Priscila Rocha,  Joelma Dvoranovski e Claudia Demarchi.

O Clube dos Vira-Latas tem sua sede principal em um espaço na cidade de Ribeirão Pires, em SP, onde estão todos os cães resgatados pela ONG e disponíveis para adoção e convidamos a todos que queiram conhecer o nosso trabalho a nos fazer uma visita. A luta é dura mais juntos poderemos modificar a vida de nossos peludos que nada têm a seu favor.

Viva Bicho – Associação de Proteção aos Animais

Fundada em 2003, na cidade catarinense de Balneário Camboriú, a Associação Viva Bicho de Proteção aos Animais tornou-se uma organização não governamental (ONG), gerida por um grupo de voluntários que partilham dos mesmos ideais: respeito e amor à vida animal. Em 22 de novembro de 2004, a ONG foi considerada pela Prefeitura Municipal como Serviço de Utilidade Pública.

A Viva Bicho tem como missão fazer campanhas educacionais de conscientização sobre guarda responsável e castração e também resgatar animais correndo risco de morte e maus-tratos, deixando-os em condições de adoção (castrados, desverminados e vacinados).

Em 2003, a ONG abrigava inicialmente um total de 40 animais, hoje são mais de 700. Todas as despesas para manter a estrutura administrativa, assim como seu abrigo, são custeadas por doações voluntárias, sejam elas vindas de órgãos públicos, pessoas físicas ou de empresas. Estes recursos garantem a compra de medicamentos, ração, material de higiene animal, produtos de limpeza, tratamentos veterinários, funcionários, assim como todas as necessidades diárias para manter o abrigo.

Projeto CEL – Casa Esperança e Liberdade para Animais Carentes

O Projeto CEL – Casa Esperança e Liberdade para Animais Carentes é uma ONG que tem por objetivo trabalhar com castração e tratamento veterinário para os animais da população de baixa renda, além de prestar assessoria aos animais abandonados ou vítimas de maus tratos.

Com muito sacrifício e o apoio de nossos Anjos abrigamos cerca de 450 animais, porém não conseguimos finalizar a construção dos canis e gatis por falta de verba, e os animais dividem o espaço com nossa clínica veterinária, o que compromete o seu funcionamento.

Não recebemos nenhuma ajuda do governo ou prefeitura, toda renda do CEL é captada através da contribuição de nossos Anjos, doações de empresas solidárias, campanhas de arrecadação e venda de produtos, mas não conseguimos arrecadar o suficiente.

Em média/mês de 130 à 150 animais são recuperados e preparados para um lar definitivo e como a maioria desses animais são encontrados doentes, mutilados por espancamentos ou atropelamentos, mantemos uma unidade médica cirúrgica para atende-los e fazemos também esterilizações a preço popular em caninos e felinos para evitar a continuidade de filhotes abandonados pelas ruas de nossa cidade.